quinta-feira, 25 de abril de 2013

*** - ESTRESSE ENCOLHE O CÉREBRO

    ESTUDOS RECENTES COMPROVAM QUE O ESTRESSE EMOCIONAL PROVOCADO PELO TERREMOTO SEGUIDO PELO TSUNAMI EM 2011 NO JAPÃO FOI CAPAZ DE ENCOLHER O CÉREBRO DE ALGUNS SOBREVIVENTES.

   O ACONTECIMENTO TRÁGICO DEU AOS CIENTISTAS A OPORTUNIDADE DE ESTUDAR OS EFEITOS NEUROLÓGICOS NO SER HUMANO DIANTE DE TRAUMAS.  OS ESTUDOS FORAM REALIZADOS POR MEIO DE ANÁLISES CEREBRAIS DE ESCÂNERES DE 42 ADOLESCENTES SAUDÁVEIS,  TAIS ANÁLISES FORAM FEITAS A QUATRO MESES APÓS  A TRAGÉDIA. OS JOVENS VIVIAM NO INTERIOR DA CIDADE DE SENDAI, DURAMENTE AFETADA PELO TERREMOTO.

    OS QUE DESENVOLVERAM SINTOMAS DE DISTÚRBIOS DE ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICOS (PTSD) APRESENTAVAM UM ENCOLHIMENTO . OS CIENTISTAS DESCOBRIRAM UM ENCOLHIMENTO NO CÓRTEX ORBITO-FRONTAL, PARTE DO CÉREBRO ATIVADA NO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÕES E NA NA REGULAÇÃO DAS EMOÇÕES. EMBORA OS RESULTADOS DA PESQUISA AINDA NÃO SEJAM COMPLETAMENTE CLAROS. ELES PODEM FAVORECER E FACILITAR TRATAMENTOS E DIAGNÓSTICOS.

    ESTUDOS ANTERIORES HAVIAM SUGERIDO QUE OS PACIENTES DE PTSD , PODERIAM SOFRER ALTERAÇÕES NO CÉREBRO., MAS ESTE FOI O PRIMEIRO A IDENTIFICAR QUAL É A PARTE DO CÉREBRO AFETADA PELO TRAUMA. O ENCARREGADO DO ESTUDO , Sekigushi ( UNIVERSIDADE DE TOKOHO), AFIRMA QUE AS AS ALTERAÇÕES NO CÉREBRO NÃO SÃO PERMANENTES, POIS PESQUISAS ANTERIORES DEMONSTRAM QUE MUDANÇAS NESSE ÓRGÃO  PODEM  SER RECUPERADAS POR MEIO DE TERAPIAS OU INTERVENÇÕES.

    SEGUNDO A AGENCIA FRANCE PRESS, O ESTUDO  FOI PUBLICADO NO PERIODICO " MOLECULAR PSYCHIATRIC ", DA REVISTA CIENTIFICA NATURE. ( www.afp.com)

          * - Revista: Sexto Sentido ,página n* 06 do seu número: 124

                                  POR: VALTER DE MORAES MARTINS
        PESO ///REAL-YOGA INTEGRAL E REEDUCAÇÃO ALIMENTAR
                                    peso_real@yahoo.com.br

    

Nenhum comentário:

Postar um comentário